HISTÓRIA

    A EMPATIA é uma empresa consolidada, de espírito jovem, administrada por pessoas creditadas na Arqueologia, Conservação, Reabilitação e Valorização do Património Cultural que implementam projectos ética e tecnicamente responsáveis, regendo-se por princípios, valores e uma cultura empresarial que vão de encontro às expectativas dos nossos clientes. Mais-valias estas que promoveram o crescimento e expansão à qual tem sido sujeita, reflectindo o seu espírito profissional e empreendedor. 

MISSÃO

    A EMPATIA tem por missão a protecção e salvaguarda do património móvel ou integrado e imóvel, antigo ou contemporâneo, oferecendo aos seus clientes, públicos e privados, um conjunto de serviços realizados por profissionais qualificados, com materiais de qualidade e de acordo com metodologias e técnicas ética e cientificamente reconhecidas e em permanente actualização.

CONSERVAÇÃO E RESTAURO

    A EMPATIA surge em 2002, mas é em 2015 que complementa a sua actividade já extensa na Gestão do Património, agregando um projecto e respectiva equipa com 20 anos de prestação de serviços e consultadoria em Conservação e Restauro de Bens Artísticos,
Culturais, Decorativos nos mais diversos materiais de suporte, quer sejam adoçados, integrados ou edificados.

    Estes serviços especializados são disponibilizados em todas as áreas de intervenção, quer seja em materiais orgânicos, quer inorgânicos. Como exemplo: têxteis, madeira, pele, osso, papel, cerâmica, gessos decorativos, pedra, vidro, metal, … Isto torna-se possível pela experiência e multidisciplinaridade da equipa técnica académica e profissionalmente habilitada, pela utilização de materiais e equipamentos adequados e pelo emprego de metodologias e técnicas ética e cientificamente reconhecidos e em permanente actualização.

EMPATIA conseguiu assim aliar, com sucesso, a qualidade, o profissionalismo e a garantia dos seus serviços a um preço justo e competitivo!

     A experiência já reunida pela EMPATIA no âmbito da Conservação e Restauro de peças cujas patologias derivam de factores externos, nomeadamente das más condições apresentadas pelos edifícios que as acolhem, levou ao incremento de um conjunto de especialistas em diversas áreas de reabilitação, o que lhe permite oferecer uma intervenção mais profunda e alargada, capaz de responder a todas as exigências de conservação do património edificado.

Perfil2-01-01.png

©2020 por Grupo FINAB - Joaquim Marques, Serviços Funebres Nacionais e Internacionais

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social